O EDUCAP, a partir do seu Regimento baseado na LDB, segue o regime seriado em todos os níveis.

De maneira coerente com a proposta de trabalho e de formação integral do aluno, a avaliação é global, não se restringindo a um só momento, mas visando o resultado de todo um processo de trabalho bimestral desenvolvido com os alunos.

A avaliação dos alunos da Educação Infantil ao 1° ano do Ensino Fundamental é feita por meio de registros diários da professara que, depois, são transformados em relatórios de acompanhamento do desempenho global da criança. A passagem de um nível para outro é automática, sendo que, no 1° ano, o aluno deverá observar o cumprimento de no mínimo 75% de frequência das aulas ministradas.

A partir do 2° ano do Ensino Fundamental até o 5º ano, já adotamos uma avaliação mais formativa e criteriosa, sem, entretanto, aplicar provas. Os alunos recebem um conceito em cada disciplina, em boletins bimestrais que são levados ao conhecimento das famílias nas entrevistas realizadas ao final de cada bimestre.

No Ensino Fundamental II (6º a 9º ano), a avaliação é feita por meio de provas mensais, bimestrais e trabalhos, sem deixar de valorizar o processo de aprendizagem dos alunos.

Diversos aspectos, tais como participação nos projetos, tarefas de casa, trabalhos desenvolvidos e resultados de provas, são considerados para compor o conceito de cada disciplina ao final do bimestre.

Ensino Médio: A avaliação é composta por provas mensais, bimestrais e simulados de vestibulares. Além disso, os professores propõem tarefas diversificas e contextualizadas com o intuito de desafiar o desenvolvimento de competências e habilidades dos alunos. As provas obedecem a um calendário previamente estabelecido, dando oportunidade para que os alunos organizem seus estudos.

Os conceitos atribuídos ao final de cada bimestre, sintetizando o aproveitamento dos alunos do 2ºano do Ensino Fundamental até o Ensino Médio, são os seguintes:

I (insatisfatório), M (médio), B (bom) e O (ótimo).

Reforços/Recuperações

Os alunos com resultado insatisfatório no bimestre podem contar com o apoio de aulas de reforço pedagógico para ajudá-los a sanar dificuldades, obtendo sucesso nas futuras avaliações. Os programas de apoio pedagógico aos alunos são:

- Reforço Pedagógico (2º ao 5º ano):acontece em horário pré-determinado, no contra período das aulas regulares.

-Plantão de Dúvidas (6° ano ao Ensino Médio): durante todo o ano letivo, aberto aos alunos para que frequentem por vontade própria ou indicação dos professores.

- Aulas de Recuperação Paralela (6° ano ao Ensino Médio):aulas ministradas pelos professores das próprias disciplinas durante as semanas que antecedem as provas de recuperação.

Recuperação Final

Ao término do ano letivo, no caso do 2° ao 9° ano do Ensino Fundamental e do Ensino Médio, os alunos podem ser submetidos a uma Recuperação Final, caso não tenham conseguido recuperar os conceitos insatisfatórios.

A Recuperação Final, seguida por provas, só pode ser aplicada no máximo a três disciplinas.

Agenda

Novembro / 2018

2 - Feriado Nacional - Finados

7 - Festa da Caneta - 3º ano Ens. Fundamental I

8 - Estudo do Meio - Memorial da Resistência e Museu Catavento - 9º ano Ens. Fund II

12 - Estudo do Meio - Serra do Japi - 6º ano Ens. Fund II

15 - Feriado Nacional - Proclamação da República

20 - Feriado Municipal - Consciência Negra

22 - Estudo do Meio - Meios de Transporte - 4º ano Ens. Fundamental I

24 - Festival de Ginástica em Itatiba

26 - Estudo do Meio - Cidade do Livro - 5º ano Ens. Fundamental II

29 - Festa do Sr. Alfabeto - Infantil II

30 - Noite do Pijama - 1º ano Ens. Fundamental I